4 dicas para melhorar a comunicação do casal!

Faaaaaaaala turma! Tudo bem?
Hoje o casal marmota vai falar sobre algo bastante relevante na vida de um casal: a comunicação.
Quem nunca teve um pequeno (ou grande) desentendimento, chateação por causa de falta (ou falha) de comunicação?
Se você e companheir@ nunca tiveram, continuem assim! Mas se o seu caso for POSITIVO, confira essas 4 dicas do casal marmota para evitar isso!

Debatam pequenas decisões

Mesmo que pareça bobo, debater pequenas decisões demonstra a pessoa amada que ela está inclusa em sua vida e que sua opinião é importante para você.
É importante saber que na vida a dois, grandes decisões serão tomadas e nada melhor que as pequenas para gerar sinergia entre o casal. Com o tempo, um entenderá o raciocínio do outro, facilitando a comunicação.
Mas não vamos confundir isso tudo com controle. Não é necessário “consultar” em todas as ocasiões, temos que saber balancear.

Não seja superficial

Ser superficial demonstra falta de paciência. Nós sabemos que muitas vezes a rotina é estressante e corrida, deixando pouco tempo para as coisas que nos fazem relaxar. Quando a pessoa amada nos pergunta “como foi seu dia?” ela quer de fato saber o que aconteceu, o que te deixou alegre, o que te chateou e busca, assim, algum forma de se sentir presente e também até de ajudar, caso algo negativo tenha acontecido. É um momento importante, afinal você é algo precioso e aquela pessoa deseja cuidar de você.
Discutir o dia, ou certas situações mais comuns é uma ótima forma de fomentar diálogos saudáveis. Debater coisas rotineiras é vital para um relacionamento, afinal, coisas extraordinárias não acontecem sempre. E vocês vão esperar algo diferente acontecer para conversar? Não dá!

Seja interessad@

Seu amor perguntou como foi seu dia, ok! Agora é sua vez. Perguntar sobre a rotina, algum problema, saber se há algo errado, algo feliz, querer saber de fato o que ocorre na vida daquela pessoa passa a sensação de que você quer ser parte ativa na vida de quem tanto gosta de você. Demonstrar (e ter realmente) interesse na vida de quem você gosta é zelar pela outra pessoa.
Ao mudar de ideia, avise
Nem sempre somos OBRIGADOS a comparecer a todos os compromissos agendados, não precisamos estar bem, física ou mentalmente para fazermos qualquer programa, tudo bem. Mas temos que nos colocar no lugar da outra pessoa. Muitas vezes quando marcamos, mesmo que “coisas bobas” com nossos amores, a pessoa cria expectativa, fica ansiosa, dependendo do que for nem dorme (e isso é SÉRIO). Ao mudarmos de ideia, devemos ser sutis e ao mesmo tempo zelosos. Desmarcamos um jantar por conta do trabalho, que tal fazer um jantar surpresa, mesmo em casa? Desmarcamos um piquenique porque choveu, que tal levar um café da manhã na cama?
Fora a parte do “ninguém é adivinho”. Comunique o porque não quer, se não quiser entrar em detalhes, tudo bem, mas lembre-se, as coisas tem “pesos” diferentes, variando de acordo com a pessoa.

Compartilhem planos

Em um relacionamento, as pessoas têm a perspectiva de que dure, não é mesmo?
Conforme o tempo passa a relação fica mais madura e sólida, tendencialmente formam-se os planos. Desde os menores até os mais megalomaníacos (como ter 10 gatos em casa?) Quando estamos junto de alguém, é sinceramente ESTRANHO não rolarem planos. Como assim, Bial?
“Vocês não pensam onde ou o quê vão jantar no próximo final de semana?” Se algo assim está acontecendo, imagina falar sobre morar juntos (se não moram ainda), ter um carro, filhos?
Fazer pequenos e grandes planos é muito gostoso. Como uma viagem, que você planeja o destino, os lugares pra comer, a ida, a volta. Por que não planejar uma ida a um monumento natural da sua cidade, ou até mesmo uma ida a praia assim?
Encare tudo como uma aventura, a vida será mais leve!

Essa são algumas dicas as quais aprendemos ao longo de 9 anos e quisemos dividir com vocês, para que possam crescer e amadurecer seus relacionamentos. Esperamos que ajudem!
E se tiverem algumas dicas e queiram dividir, comentem, fiquem à vontade!

Grande abraço do casal marmota!

1 comentários:

  1. Diálogo é tão importante né? Fico boba quando vejo casais que brigam por causa de coisas tão bobas, só pq não conversam e ficam imaginando coisas! Não tem jeito, cada ser humano é diferente e pra conviver é preciso escutar e entender o outro lado!
    O blog tá uma graça Lu!! Adoro textos assim!
    Beijinhos

    ResponderExcluir



 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT 2015