Pequenas mentiras, pequenos sonhos.

Inventou que estava passando mal e saiu do trabalho mais cedo.
Disse que o compromisso com os amigos havia sido cancelado.
Faltou o dia de maromba, "estava indisposto".
Esqueceu o guarda-chuvas, voltou correndo do metrô.
Pegou o ônibus mais cheio, aquele que vinha mais rápido.
Deixou o boleto do cartão atrasar um dia, a fila estava grande.
Saiu mais tarde de casa e se atrasou.
Inventou um jantar de negócios, ao qual, misteriosamente todos faltaram.
Dormiu mais tarde, na madrugada.
Rapaz tolo, rapaz bobo.
Ela enfureceu-se... Afinal, arriscar perder o emprego, deixar de sair com os amigos (fato que tantas desavenças gerava), perturbava a cada dia ausente da malhação. Dizia-se totalmente responsável e nada esquecer. Prezava pelo conforto, pra que sentir dores nas costas, pegando aquele ônibus infernal? O cartão viria com juros, você está louco? Chegar tarde no trabalho? A coisa está feia pra todo mundo! Que jantar furado é esse? Gastei comprando um vestido, sapato, bolsas e maquiagem!
Você não precisava dormir? Ficou vendo o quê na madrugada hein, hein?
Rapaz.. Mal sabe ela que suas vontades eram simples: Queria vê-la um pouco mais, pegar mais uma vez em tua mão, olhar-te mais uma vez nos olhos, pelos quais sempre foi apaixonado. Busão cheio? O que é isso comparado ao ver minha princesa mais cedo, chegar em casa e talvez preparar um belo banho e um jantar? Com uma fila tão grande não chegaria em casa a tempo de pegar-te saindo do banho e fazermos amor como adolescentes! Saí de casa mais tarde para poder tomar café contigo. Sinto falta do teu jeito de preparar a refeição de forma afobada e de contemplá-la, vendo como pega na xícara e mexe o cabelo quando se distrai. O dia que eu durmo mais tarde assisto o melhor programa do mundo, vê-la dormir.
As vezes bate aquela vontade boba de fazer algo bobo. As vezes bate saudades do que nunca se teve.. ao menos concretamente. Eu tenho nos sonhos. Tenho os momentos desenhados de como será nossa vida. Prendo-me nos pequenos detalhes, afinal, não sonho com GRANDES coisas. Sonho com pequeninas coisas, você, nossos filhos, nosso cão e o gato. Sonho com uma rotina normal, cheia dessas coisas bobas e bilhetes achados de surpresa.
Só isso mesmo por hoje.
Sonho contigo.
Amo você.

0 comentários:

Postar um comentário



 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT 2015