Te vejo no baile da vida

Amo o jeito como me ensinou a tentar consertar. Como me ensinou que as batalhas, o riso após o choro, conquistado, suado. Tudo o que está quebrado pode ter conserto, se os dois quiserem. Se soubessem dos detalhes talvez ficassem ainda mais pasmos e admirados. Não é porque se trata do nosso relacionamento, é pelo simples fato da história em si, a luta, o sangue, o não desistir. Não importa que dificuldade fosse.
As vezes penso que somos exagerados. Isso é um momento de loucura, pois os momentos em que somos “exagerados” estamos sendo nós mesmo, nas discussões, alterações de voz, o ficar quieto um tempo, o de se irritar. Vejo isso, que aprendemos a deixar o outro falar (as vezes) e isso é importante. Realmente concordo com o que o nosso escritor-guru-padrinho fala.. Tem que mostrar MESMO o que sente. Quem não mostra, vira uma bomba relógio. Muitos relacionamentos podem acabar por no começo um ter escondido do outro o que é. Você assalta geladeira? É impaciente? Gosta de brincar de brigar ou cócegas?
Então meu caro.. seja você mesmo. E outra: aprenda a LUTAR. Pessoas costumam desistir ao primeiro sinal de problema. Aí é que são elas, quando dá problema, vocês dois encaram de frente, vencem, na certa a relação só tende a melhorar. Dificuldades virão, e temos que estar preparados. Fico admirando meus pais, como vemos que, apesar de brigarem consideravelmente.. como.. são lindos.. Por exemplo enquanto dançam... Ele puxa, ela sabe para onde tem que ir ao seus toques mais sutis, e ele a conduz... Isso expressa a confiança, a entrega, o companheirismo. Sonho em conduzir a Lu pela vida cada dia mais, e dançar para sempre, todos os ritmos, todos os dias, por cima de todos os obstáculos, aos rodopios e pisadas nos pés (cada dia menos freqüentes), bailando, lindos, entregues.
Agradeço aquela que me ensinou a lutar e a vencer, não admitindo derrotas. Agradeço aqueles que me permitiram admirar a dança da vida ao seu lado, admiro as duas estrelas cadentes que passaram no céu, pois sabiam do peso e importância dos meus pedidos.

Te espero no baile de casamento.

0 comentários:

Postar um comentário



 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT 2015