A força que vem do olhar

Boa noite pessoa bonitas que nos acompanham. Tudo bem?
Pois bem, eu estava sem muitas idéias do que postar, mas pensei sobre um rápido papo que tive com minha linda noiva de tarde e resolvi o que dizer por hoje.
Falávamos sobre sentimentalismo. Simples assim.
Pensei na situação que passamos. Assumimos um compromisso, mudamos diversas vezes de opinião, mas os planos prosseguem. Ainda essa semana nós redefiniremos a lista de convidados, ligaremos para a igreja e começaremos a ver os buffets. Nossa situação de grana e a previsão de ter grana ainda não são das melhores.. As vezes bate um “leve” desespero.. O que fazer? Como fazer? Quando fazer? Desistir de coisas.. Desistir? Não!
Por quê?
Surge a parte do sentimentalismo. Como iríamos, como poderíamos fraquejar perante todas essas dificuldades, mesmo que muito assustadores? Não é possível. A força vem do outro. A força vem da história, como quando eu mentia para minha mãe para vê-la em Petrópolis. A força vem daquele olhos profundos e escuros, grandes, de mar, de noite, de doçura e esperança. Lembrar do sorriso, lembrar dos momentos, daqueles onde pegamos nossas mãos e nos encontramos sonhando e planejando cada passo. Ouvir a música que provavelmente será a da entrada da Lu na igreja e sentir as lágrimas nos olhos. Não vamos desistir, vamos lutar, como sempre fizemos. De namoro, são mais de 6 anos a distância, quer maior dificuldade que isso?
Eu só queria nesse post.. Não sei, quem sabe, talvez você que esteja fraquejando, que esteja com dificuldades, com dúvidas...
Não há caminho de volta, vá até o fim, pegue na mão e olhe nos olhos de quem ama. Sonhe, cuide, lute e vença.

Boa noite meus amigos, casal foca e marmota para sempre.

0 comentários:

Postar um comentário



 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT 2015