Percebemos a evolução do relacionamento nas coisas mais simples.
Antes falávamos de andar de mãos dadas, de sair para ver um filme, fazer planos e planos sobre planos.
Com o tempo os estudos ficaram mais pesados, enfrentamos pesadas dificuldades, que a muitos poderiam ter derrubados, mas não a nós.
As faculdades apertaram. Cursos, menos tempo de se falar, a grana não dando, afinal, universitários são pobrinhos, até quando tem um cascalho.
A falta de tempo, normal de ambas as profissões escolhidas já começou antes mesmo da formatura, ligar correndo, trocar SMS para se manter atualizado e ter uma sensação de proximidade. No fim do dia tentar contar tudo o que aconteceu, porque é assim que gente apaixonada faz, tentar contar os mínimos detalhes ao outro para que ele se sinta mais incluso em nossas vidas. Há quem diga que não.
Algum tempo depois, após muito amadurecimento, noivamos. Percebemos um grande impacto em nossas vidas quando recebemos peças de enxoval.. Como assim, já temos nosso primeiro pano de prato? Sim, muitas coisas mudaram e mesmo estando no meio disso tudo a gente ainda é pego de surpresa. Fazer contas, quanto ficará o casório? Alugar roupas, comprar? Como juntar mais rápido? Vamos investir?
Dúvidas que batem todo o tempo, respire fundo e siga em frente, pois este é só o começo.
Tanto pensamentos como planos amadurecem, mas é importante não esquecer: não deixe de pensar e planejar em andar de mãos dadas, ir ao cinema (para ver e também não ver filme).. e conversar.. A conversa, o diálogo é e sempre será essencial, saber ouvir uma crítica pode salvar um relacionamento.
Graças a Deus, somos assim, conversamos, ouvimos, é claro que brigamos.. Mas procuramos sempre estar atentos e mesmo depois de mais de 5 anos de relacionamento, manter a chama, ou melhor, aumentar a chama do início, pois as vezes com a “evolução” muitas pessoas dão passos para trás.
Quero para sempre andar ao lado dela, de mãos dadas e fazer cócegas na barriga, ser bobos e lindos, pois a reconquista do amor deve acontecer todos os dias.

1 comentários:



 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT 2015